Blog

De simples prática, já que não é cirúrgica, com alta no mesmo dia e recuperação rápida (2 a 3 dias). Em mãos hábeis de um endoscopista treinado, pode ser executado em curto tempo (média de 60 minutos).

OVERSTITCH – SUTURA GÁSTRICA ENDOSCÓPICA

OVERSTITCH – do termo inglês Overstitch literalmente significa uma “costura sobre..” e é o nome dado ao dispositivo que, após acoplado ao aparelho de endoscopia, permite realizar algo inédito na especialidade da endoscopia digestiva: a sutura endoscópica. Portanto, OVERSTITCH© se traduz em SUTURA ENDOSCÓPICA. Sendo assim, pode ser usada para qualquer finalidade médica onde se deseje aproximar tecidos por endoscopia, sem a necessidade de uma cirurgia.

Portanto, no que tange ao tratamento conservador da obesidade, o OVERSTITCH© – SUTURA GÁSTRICA ENDOSCÓPICA – terá 3 grandes finalidades:

  1. Redução da capacidade do estômago por endoscopia (Gastroplastia Redutora Endoscópica Primária- GREP)
  2. Revisão e correção de cirurgias bariátricas realizadas (Gastroplastia Redutora Endoscópica Secundária – GRES)
  3. Tratamento de complicações de cirurgias bariátricas: precoces (fístulas) e tardias (alargamento da anastomose realizada com reganho de peso

REDUÇÃO DA CAPACIDADE DO ESTÔMAGO POR ENDOSCOPIA.

O OVERSTITCH© ou Gastroplastia Redutora Endoscópica chega como mais uma arma no arsenal médico terapêutico contra a obesidade, antes composto basicamente por medicamentos, balão gástrico e cirurgias bariátricas. Com ele é possível realizar a GASTROPLASTIA REDUTORA ENDOSCÓPICA PRIMÁRIA, com redução da câmara gástrica por uma sutura endoscópica interna, sem necessidade de cirurgias ou incisões externas, usando apenas um orifício natural – a boca.

A ideia é simples: reduzir o volume que o paciente consegue comer, costurando o estômago por dentro, por sutura endoscópica, reduzindo sua capacidade em torno de 80%, deixando-o no formato de uma banana). Como o paciente ainda não se submeteu a nenhuma cirurgia, chamamos essa redução de gastroplastia redutora endoscópica primária.

VANTAGENS PRINCIPAIS DESSE MÉTODO:

  • Menos invasivo e sem incisões cirúrgicas
  • Procedimento rápido (40 a 60 minutos em média)
  • Alta hospitalar no mesmo dia (menor custo social)
  • Menor risco de complicações durante e após o procedimento
  • Índice de perda em torno de 20 – 30% do peso corporal
  • Baixo índice de complicações

DESVANTAGENS PRINCIPAIS DESSE MÉTODO:

  • Não é coberto por convênios
  • Potencial afrouxamento da sutura nas primeiras semanas por alimentação inadequada ou esforço de vômito
  • Não é tão restritiva quanto à cirurgia bariátrica Sleeve e menos efetiva

INDICAÇÕES:

  • Pacientes com IMC de 30 a 40 com falência do tratamento clínico conservador
  • Pacientes com IMC acima de 40 que não possuem condições de cirurgia bariátrica ou que não à desejam.
  • Pacientes que já tentaram e falharam no tratamento clinico com medicamentos
  • Pacientes que já falharam em perder peso apenas com dieta e exercícios físicos
  • Pacientes que falharam no tratamento com balões gástricos
  • Pacientes que querem um tratamento mais efetivo na sustentação do peso perdido a longo prazo do que balão gástrico

Compartilhar este post

Deixe um comentário


Fale Conosco Agendar Consulta