Blog

Notícias, Publicações, Avanços Tecnológicos e muito mais.

Nova cirurgia para perda de peso é feita no Brasil

No Brasil, mais da metade da população está acima do peso (52%) e destes, cerca de 17% apresentam obesidade nos graus I, II e III. Além do excesso de peso, a obesidade favorece o aparecimento de doenças cardíacas, que resultam em infartos, derrames, AVC, proporciona diabetes tipo 2, hipertensão, alguns tipos de câncer, como de cólon e de mama, problemas de articulações, de fertilidade, assim como causar impactos psicológicos e sociais.

Desde janeiro de 2016, pacientes com índice de massa corporal (IMC) maior que 35 e portadores de doenças crônicas como diabetes têm indicação para realizar a cirurgia bariátrica de acordo com o Conselho Federal de Medicina (CFM). Embora considerada extremamente invasiva, quase 100 mil cirurgias bariátricas são realizadas por ano no Brasil.

Por conta do aumento de obesos no País e dos riscos de uma cirurgia bariátrica, um grupo de estudos liderado pelo gastrocirurgião Dr. Manoel Galvão Neto inicia no Brasil uma alternativa à cirurgia bariátrica – a gastroplastia endoscópica – um procedimento minimamente invasivo, apesar de complexo. Enquanto em uma cirurgia bariátrica convencional, o paciente permanece por cerca de 1 a 3 horas na mesa de cirurgia e de 2 a 4 dias na internação, na endoscópica o procedimento leva menos de uma hora e o paciente sai no mesmo dia.

Assim, uma técnica mais segura e com um risco de complicação potencialmente menor que a cirurgia bariátrica. “Procedimentos minimamente invasivos e complexos, de menor custo, têm sido desenvolvidos com o objetivo de alcançar um maior número de pacientes”, explica o gastrocirurgião e endoscopista Dr. Eduardo Grecco.Os primeiros casos no Brasil serão realizados pela equipe dos professores afiliados da Faculdade de Medicina do ABC (FMABC): Dr. Eduardo Grecco, Dr. Thiago Souza e Dr. Luis Gustavo Quadros sob o comando do Dr. Manoel Galvão Neto.

O primeiro estudo no mundo foi realizado no Panamá e apresentado internacionalmente em congresso pelo Dr. Manoel Galvão Neto. Posteriormente estudos foram realizados na Espanha e nos Estados Unidos, com a participação dos outros professores. “Todos os estudos realizados até o momento apontaram para uma perda de cerca de 50% do excesso de peso com seguimento de até meses após o procedimento e mais de 15% de perda de peso total em até três anos”, explica Dr. Manoel Galvão Neto.

Primeira gastroplastia endoscópica no Brasil:

A primeira gastroplastia endoscópica foi realizada de forma pioneira no país no dia 20 de junho de 2016 no setor de endoscopia do Hospital Universitário Mário Covas, em Santo André, como protocolo de estudo. Um procedimento realizado em cerca de 50 minutos e sem complicações para o paciente do sexo masculino, de 56 anos, com índice de massa corpórea (IMC) de 35,17 Kg/m2. Após a alta do procedimento, foi iniciada a dieta líquida sem resíduos.

A segunda gastroplastia endoscópica foi realizada no dia 25 de janeiro às 8 horas pelo Dr. Eduardo Grecco no Centro Cirúrgico da Faculdade de Medicina do ABC (FMABC), em Santo André.

Compartilhar este post

Deixe um comentário


Fale Conosco Agendar Consulta